20 de julho de 2024
DestaquesGeral

EX-CEO DAS LOJAS AMERICANAS, MIGUEL GUTIERREZ É PRESO EM MADRI

Congresso em Foco – O ex-CEO das Lojas Americanas Miguel Gutierrez foi preso nesta sexta-feira (28) em Madri pela Interpol. Ele é alvo da Operação Disclosure, deflagrada nessa quinta-feira (27) pela Polícia Federal e que investiga fraudes contábeis nas Lojas Americanas estimadas em R$ 25 bilhões. Foram expedidos mandados de prisão contra o ex-CEO e uma de suas diretoras, Anna Christina Ramos Saicali, que segue foragida. A notícia foi publicada em primeira mão no jornal O Globo, pelo Blog da Malu Gaspar.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF), Gutierrez solicitava que os balanços financeiros fraudados fossem enviados a ele em pen drives para não serem rastreados. Os nomes dos réus haviam sido introduzidos na lista dos mais procurados do mundo, a Difusão Vermelha da Interpol.

Segundo a PF, os resultados financeiros eram alterados de forma que apresentassem um aumento de caixa e, consequentemente, fizessem com que as ações das Americanas fossem valorizadas na bolsa. Com a manipulação dos números, os executivos recebiam valores milionários por desempenho e pelos lucros ao vender as ações infladas.

As investigações começaram em janeiro de 2023, após comunicado da atual direção da empresa sobre a existência de grandes inconsistências contábeis e um rombo patrimonial que se revelou em R$ 43 bilhões. Crimes como manipulação de mercado, uso de informação privilegiada, associação criminosa e lavagem de dinheiro foram descobertos e caso haja condenação, os réus poderão pegar até 26 anos de prisão.

Não foi divulgado, até o momento, para onde Miguel será levado ou se haverá extradição do executivo para o Brasil. Brasileiro, Miguel Gutierrez tem também cidadania espanhola. Ele vivia no país desde o início do escândalo, ainda no ano passado. (Por Ranielle Aguiar, estagiária sob coordenação de Edson Sardinha)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *