20 de maio de 2024
DestaquesGeralPolítica

VÍDEO – Vini Jr. chora ao falar sobre racismo e desabafa: “Eu só queria jogar futebol”

DCM – Alvo de ataques racistas constantes na LaLiga, campeonato espanhol de futebol, Vini Jr. chorou durante coletiva de imprensa nesta segunda (25) ao falar sobre o tema. Atacante do Real Madrid, ele afirmou que tem se sentido “triste” com as ofensas e que “cada vez tem menos vontade de jogar”.

Ele diz esperar que “num futuro bem próximo possam ter menos casos de racismo e que as pessoas negras possam ter um vida normal, como todas as outras”. “Eu quero seguir lutando por isso”, afirmou o jogador.

“Se fosse por mim, eu já teria desistido. Eu fico dentro de casa, ninguém vai me xingar, ninguém vai fazer nada comigo. Eu vou para os jogos com a cabeça centrada no jogo para que eu possa fazer o melhor para a minha equipe e nem sempre é possível. Eu tenho que me concentrar muito, todos os dias”, prosseguiu, chorando na sequência.

O desabafo ocorreu durante coletiva de imprensa no centro de treinamento do Real Madrid. Após chorar, ele pediu desculpas e afirmou: “Eu só queria jogar futebol, só quero fazer de tudo pelo meu clube e pela minha família”.

O brasileiro foi alvo de ao menos 10 ataques racistas entre 2021 e 2023. Um dos casos que gerou maior repercussão foi durante partida contra o espanhol Valencia, em maio do ano passado, quando foi chamado de “macaco” por torcedores do clube.

Ele sofreu outros ataques mesmo sem estar em campo. Em janeiro do ano passado, torcedores do Atlético de Madrid penduraram um boneco com a camisa do brasileiro em uma ponte da cidade e simularam seu enforcamento, com uma faixa “Madri odeia o Real”.

Os torcedores do Atlético de Madrid também fizeram ofensas racistas ao atacante brasileiros recentemente durante partida contra a Inter de Milão, pela Champions League. O caso aconteceu no último dia 13 e torcedores chamaram Vini de “chimpanzé”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *