17 de julho de 2024
DestaquesGeralPolítica

VÍDEO: Bolsonaristas são barrados no Congresso dos EUA e fazem “ato” na rua

Revista Fórum – Parlamentares de extrema direita foram “denunciar” a fantasiosa “ditadura judicial” do Brasil, mas autoridades norte-americanas os deixaram falando sozinhos. Restou gritar na calçada.

Uma delegação de parlamentares bolsonaristas, que foi aos EUA para “denunciar” uma fantasiosa “ditadura judicial”, foi barrada no Congresso norte-americano, em Washington. A situação humilhante resultou numa espécie de “ato” na rua mesmo, na calçada, em inglês precário e em tom constrangedor.

Entre os extremistas que foram à “missão”, como eles mesmos classificam a viagem estapafúrdia e desconexa, estão Eduardo Bolsonaro (PL-SP), Zé Trovão (PL-SC), Marcel Van Hattem (Novo-RS), Gustavo Gayer (PL-GO), Paulo Bilynskyj (PL-SP) e André Fernandes (PL-CE). No vídeo vexatório é Van Hattem quem aparece discursando em inglês macarrônico ao lado de parlamentares trumpistas no passeio público.

Contando com uma audiência no Capitólio para despejar as toneladas de fake news e teorias conspiratórias amalucadas que normalmente distribuem nas redes sociais, que teria sido agendada em fevereiro, o grupo foi vetado pelo vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos EUA, Jim McGovern, do Partido Democrata, que percebendo a patuscada que se instalaria no parlamento norte-americano suspendeu a “visita” e o “discurso” dos radicais ultrarreacionários.

Coube ao filho 03 do ex-presidente Jair Bolsonaro se revoltar com a decisão de McGovern a gritar na internet. Eduardo Bolsonaro correu para denunciar “censura” e culpar, como sempre, “a esquerda”, até mesmo no país mais economicamente liberal do planeta.

“Para calar a verdade sobre o que está ocorrendo no Brasil recorreram à censura, que é a arma dos covardes e fracos. Não é só no Brasil que a esquerda se apropria do termo ‘direitos humanos’ e seleciona em quem jogará a culpa por suas supostas violações”, disse o deputado filho do líder da extrema direita brasileira, numa postagem confusa e incompreensível, parecida com as de seu irmão Carlos.

Veja o vídeo:

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *