20 de maio de 2024
EconomiaGeralPolítica

Monitoramento do Emprego Formal em fevereiro de 2024 com saldo negativo de contratações no estado

Fiema – O monitoramento do emprego, pesquisa feita pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), revela que no mês de fevereiro de 2024 o Maranhão teve um saldo negativo de contratações, de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

Apesar do total de contratações em fevereiro ter alcançado 19.392 trabalhadores formais, ocorreram 20.612 desligamentos, o que resultou em um saldo negativo de 1.220 demissões líquidas. Assim, o estado registrou um contingente de 640.546 empregados formais.

No contexto do Nordeste, observou-se um saldo positivo de 10.571 contratações líquidas, contribuindo para um estoque total de 7.635 milhões de trabalhadores formalizados na região. A nível nacional, o Brasil registrou um saldo de 306.111 contratações líquidas, com um estoque de 45.991 milhões de trabalhadores formais.

Analisando as atividades econômicas específicas no Maranhão, a Construção Civil aparece com o maior estoque de trabalhadores formais, totalizando 46.603, embora tenha experimentado o maior saldo de demissões líquidas em fevereiro, com -586. Em contrapartida, a Indústria de Transformação gerou um saldo positivo de 144 contratações líquidas, elevando seu estoque para 43.282 trabalhadores formais.

No que diz respeito aos setores de atividade econômica, o setor de Serviços enfrentou um saldo negativo de 132 demissões líquidas. Apesar desse resultado desfavorável, mantém o maior estoque entre os demais setores, totalizando 328.286 trabalhadores formais no estado. Isso representa aproximadamente 8,65% do estoque de trabalhadores do setor de serviços na Região Nordeste.

Os resultados provêm do Monitoramento do Emprego Formal, produzido pela FIEMA. Outras pesquisas, sondagens e indicadores podem ser encontrados nas publicações do site da FIEMA: https://www.fiema.org.br/publicacoes/16.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *